• Partilhar esta página

Votre profil a été créé avec succès !

Fermer
A FADIGA

A FADIGA

A FADIGA

Todos nos sentimos «cansados» num momento ou noutro. Este é um fenómeno comum, mas nem por isso fácil de resolver.
A fadiga é descrita como uma perda direta de energia.

A FADIGA
As formas de fadiga e as suas manifestações:
 
  •  A fadiga simples: consequência de esforço físico. Por exemplo: o que se sente depois de uma longa caminhada ou de uma noite mais curta, com poucas horas de sono.
  • A fadiga mental: é muitas vezes resultado de operações de fusão ou de memória importantes, mesmo em situações de stress familiar ou de trabalho diário. Pode interferir com a fadiga simples e levar a um sentimento de fadiga mental e moral.
  • A fadiga emocional: é o resultado de emoções e problemas emocionais difíceis de interiorizar, como um choque emocional, angústia.
  • A fadiga crónica: sente-se todos os dias e é difícil de eliminar, mesmo com o repouso. Muitas vezes, resulta de uma combinação de fatores negativos: o stress da vida quotidiana, trabalho excessivo, distúrbios do sono e perda de forma ao longo do dia. É uma condição a ser levada a sério, não hesite em falar com o seu médico ou farmacêutico para solicitar uma consulta.
 
Podem ser muito variáveis, mas geralmente incluem:
 
  • Distúrbios intelectuais: dificuldade de concentração, memória e atenção diminuída
  • Distúrbios de caráter: irritabilidade emocional, ansiedade, tristeza, pessimismo, falta de motivação
  • Distúrbios musculares: dor muscular, cãibras
  • Distúrbios digestivos: diarreia, obstipação.
 
As soluções para evitar a fadiga:

 
Existem numerosas dicas e soluções para prevenir a fadiga, a toma de suplementos alimentares pode ser parte da solução, mas não por si só, a alimentação, o desporto e sono são três.

As 5 regras a respeitar no plano alimentar para evitar a fadiga:
 
  • A alimentação desempenha um papel importante: é preciso ter tempo para as refeições e baseá-las em alimentos ricos em vitamina C (frutas e vegetais) e magnésio (cereais, nozes, soja).
  • Os pratos lácteos, ricos em cálcio (relaxante), anti-stress (magnésio), e triptofano, um aminoácido, são conhecidos pela sua ação calmante e relaxante, promovendo um sono de boa qualidade.
  • Féculas como massas, arroz, devem ser consumidas com moderação, especialmente à noite, pois em grandes quantidades, atrasam a chegada do sono.
  • Álcool (consumir sempre com moderação) é um falso amigo: para alguns parece mais fácil adormecer, mas na realidade diminui as faculdades de recuperação.
  • O ideal é jantar antes de 21h e terminar com um chá de plantas (limão, erva-cidreira, camomila, valeriana, etc) ou um copo de leite morno pelo seu efeito sedativo natural.​
 
O desporto e os momentos de relaxamento para libertar a tensão


Para libertar a tensão, o ideal é praticar desporto ou atividade física regularmente. No entanto, não  devemos fazê-lo demasiado tarde, porque o desporto envolve a secreção de hormonas que promovem a vigília.
Pode ser útil reservar momentos de relaxamento diário para actividades como ouvir música ligeira, meditar, ou uma sesta. Na verdade, levamos cerca de um quarto de hora para adormecer, mas três minutos para relaxar. Aprender técnicas de relaxamento por especialistas em comportamento pode ajudar.

O quarto, uma peça para um sono reparador 
 
  • Um espaço dedicado ao sono: o quarto é um lugar para dormir, não uma sala de multi-atividade. Evite a televisão nesta divisão. Da mesma forma que, o escritório não deve ser o quarto...
  • O conforto da cama: é difícil passar uma boa noite de sono num colchão deformado. Deve portanto, idealmente considerar mudar o seu colchão a cada 10 anos.
 
​​Uma dieta variada e equilibrada, desporto ou meditação, um quarto tranquilo e o respeito pelos horários de sono regulares permitem promover um ciclo de sono repousante e, assim, evitar a fadiga.
 

Ao navegar neste site, aceita a utilização de cookies, para disponibilizar conteúdos de interesse e medir a frequência de utilização deste site. Para mais informações, gerir ou modificar os parâmetros das cookies, clique aqui

Fechar